As pedras do caminho.

Fonte da imagem: http://www.publicdomainpictures.net/view-image.phpimage=167941&picture=semi-preciosas-pedras-de-agata

Nas ruas da infância perdida, 

colhia pedras coloridas...


Em diamantes, esmeraldas e rubis,

transmutavam-se as pedras do caminho,

na imaginação da menina...


Luziam ao sol vespertino,

nas ruas de terra clara...


Saudades da minha infância,

dos tesouros que amealhei

colhendo pedras coloridas,

nas ruas onde passei.


Jeanne Geyer

Comentários

Olá Jeanne

Quão magníficos e inesquecíveis são os tesouros da infância!

Pena não ser possível retornar, nem que seja ao menos uma única vez, a tão ricas jazidas

Abraços

Postagens mais visitadas deste blog

O lado bom da vida.

O sentido da vida.

Amor sem limites.