Cotidiano.


E o dia se fez pequeno demais...
Já cerrava os olhos em frente à televisão que fingia olhar.
O marido ao lado, ausente de si e do mundo, pendia a cabeça, babando no pijama puído pelo tempo que desperdiçou...

Ela resolveu deitar, cansada de mais um dia que não começou...


Jeanne Geyer

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O lado bom da vida.

O sentido da vida.

Amor sem limites.